fale conosco

16 99162.6100

Notícias » Anvisa libera o uso de radioembolização no Brasil

« VOLTAR


01/11/2014

Foi liberada, recentemente, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a utilização de microesferas radioativas no tratamento de neoplasias hepáticas primárias ou secundárias.

Diferente da técnica de quimioembolização, amplamente utilizada no Brasil há mais de 20 anos, a radioembolização consiste na entrega de microesferas radioativas de maneira super seletiva nos tumores hepáticos. As microesferas já disponíveis em nosso país têm diâmetro médio de 32 µm e são fabricadas com o isótopo ítrio (Y90), que emite radiação Beta em um raio médio de 2,5 mm em tecido humano.


Possuem uma meia-vida de 64 horas, emitindo 94% de sua carga em 11 dias e com atividade praticamente indetectável em um mês. Considerando que não se visualizam as esferas durante a embolização, é necessário embolizar as anastomoses gastrintestinais e a artéria cística antes da administração das esferas radioativas,devido ao risco de embolização inadvertida de vísceras ocas durante o procedimento. 

Além disso, por causa do baixo diâmetro das esferas, é necessário realizar um estudo de Medicina Nuclear com a injeção de macro agregados de albumina marcados com Tecnécio (TC 99m), na artéria hepática, para a determinação da taxa de shunt hepatopulmonar do paciente e da inexistência de fluxo para vísceras ocas. Pacientes com shunts maiores que 20% possuem alto risco de desenvolver pneumonite actínica após o tratamento.

Os principais efeitos colaterais são fadiga, náuseas, vômitos e dor abdominal, que podem estar presentes em até 50% dos pacientes. As principais complicações relacionadas ao método são úlceras gastrintestinais, colecistite e estenoses biliares, apesar de serem raras.

A principal vantagem frente à quimioembolização é a pouca oclusão arterial, devido ao baixo diâmetro das artérias, além de não ser necessário interromper a quimioterapia do paciente para a realização do tratamento.

Fonte: boletim do CBR de novembro de 2014